As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Uma História de Natal

UMA HISTÓRIA DE NATAL
Geraldo Barboza de Carvalho


Natal é o aniversário e a memória viva do nascimento do Menino Jesus. As alegrias do período natalino são motivadas pela presença de uma Criança especial entre nós - Deus Menino. Ele é o Presente mais lindo que o Pai do céu nos deu. Sem o Deus Menino não haveria Natal. Mas aí um dia as pessoas grandes abusaram do Menino, do presente vivo vindo do céu e substituíram o Menino Deus por um imaginário ancião vindo das neves da Lapônia, porque lhes disseram que "o bom velhinho" daria presentes a todos no Natal. Só que para receber os presentes de papai noel é preciso ter bastante dinheiro para pagar às pessoas grandes que in-ventaram papai noel para venderem suas mercadorias, pouco importando que o Menino Jesus ficasse esquecido. Ele nunca reclamou mesmo!! Acontece que os pobres, que são a maioria em todos os países, ficam de fora da fantasia do papai noel. Esconderam-lhes o Menino Jesus, dizendo que a figura mais importante do Natal é o papai noel, e não deram às crianças pobres os presentes que papai noel prometeu lhes dar. Resultado: As crianças pobres ficaram só na saudade do papai noel e com a tristeza de não terem o Deus Menino perto delas. A alegria que papai noel prometeu era mentira: os pais ficaram endividados pela compra dos presentes que deram em nome de papai noel, que desaparece depois do Natal para voltar a dar seu golpe no ano seguinte, e as crianças pobres ficaram tristes porque não ganharam presentes, não puderam comemorar o aniversário do Menino Jesus, ce-lebrar a memória do nascimento dele. Os pobres da terra sabem que o Menino Jesus não vai embora depois do Natal, mas continua com eles durante todo o ano, porque Ele é Deus-Conosco “todos os dias até o fim do mundo”. Mas só os pobres, as pessoas de fé podem ver Jesus presente no mundo; as pessoas grandes só enxergam papai noel. Realmente as pessoas grandes não sabem o que dizem, nem o que querem, nem o que fazem !
Natal é muito mais real quando a Pessoa de destaque é o Aniversariante do Dia, o Menino Jesus, não o intrometido papai noel, que não entende nada do espírito natalino. É uma ofensa ao Menino Jesus dar a Festa dele ao papai noel! Mas é assim que as pessoas grandes fizeram com o Natal de Jesus: tiraram-no dele e o de-ram ao intruso papai noel, o ladrão da Festa do Menino, o indesejável penetra do aniversário de Menino Deus. Mas Jesus não liga muito prá isto: as pessoas grandes não sabem mesmo o que fazem! Só os pobres sabem que o Menino Deus é o melhor Presente do Papai do céu para eles.
Parabéns para o Menino Jesus! Que a Paz que nos trouxe seja real em nossas vidas, e que Ele continue conosco, sorrindo para nós, nos abençoando.

Nenhum comentário: