As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Poesias premiadas de Lídia Sendin



Poesias participantes do 13º Concursos de Poesias de Capivari CNEC (Campanha Nacional de Escolas da Comunidade)
Entraram na Coletânia duas poesias:

1º Lugar

Felicidade: o que dizem dela
Lídia Sendin

Procurei por aí, pelo Universo,
O que dizem os poetas sobre a felicidade,
O que dela falam em seus versos.

Li Bilac, Drummond, Mario de Andrade
E todos se inspiram muito mais,
Não na felicidade, mas nos seus ais...
Vinícius diz que ela é uma “pluma”
Que voa leve, mas tem “a vida breve”.
Vicente de Carvalho diz que ela existe,
Mas nunca “a pomos onde nós estamos”...
Que coisa triste...

Nem Salomão, em toda a sua glória,
Soube dizer com certeza e precisão,
Teve o maior número de mulheres da história
E talvez por isso mesmo, não resolveu a questão.
Já Francisco Otaviano, patrono da Academia,
Não achava necessário ser feliz.
Com apenas dois versos de poesia,
Eis o que nos diz:
 “quem passou pela vida e não sofreu,”
...”Só passou pela vida, não viveu.”

e Premio de edição

Nada se Cria
Lídia Sendin

Sou a poeira
Das grandes estrelas,
O pólen da flor,
A lua cheia
Que inspira o amor,
O grão de areia
Que puxa o mar.

Vim de um vazio
Tão grande que
Só Deus pode entrar.

Sou a bruma do rio,
Sou o vento no frio
E o sangue na artéria.
Eu fui tudo e sou nada,
Apenas matéria

A ser reciclada.

Nenhum comentário: