As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

O PAVÃO


                                                                       Leda Coletti

Antes de ler um pouco sobre mitologia grega, especificamente sobre deuses como Zeus e Hera, não havia prestado tanta atenção nas plumas coloridas do pavão. Não imaginaria que estas cores tão bonitas e que formam um todo colorido e esfuziante seriam explicadas fantasiosamente à luz desses mitos.
Conta a história que Hera, rainha do Olimpo era conhecida como protetora do casamento e da mulher. Zeus seu marido a traia com muitas amantes. Algumas ele as seduzia transformando-se em cisne, como foi o caso de Leda, rainha de Esparta. Já com Ios foi diferente. Hera não se conformando com a traição  a transforma numa vaca e ordena que o monstro Argos tome conta dela noite e dia, por ser dotado de muitos olhos e ter o poder de ficar sempre acordado. Por sua vez Zeus manda Hermes eliminá-lo. Hera fica tão triste com este desfecho, que  em homenagem ao fiel escudeiro, conserva seus olhos enfeitando com eles as plumas de sua ave preferida, o pavão.
O resultado realmente é digno de admiração, pois o pavão quando exibe sua cauda chama a atenção pelo colorido delas, salientadas pelas bolas azuis, “os olhos do dragão”.
Hera com certeza teve o aplauso de muitas deusas da época, que se sentiam traídas pelos deuses, guerreiros, seus companheiros. Revertendo estes episódios para a época atual, muitas mulheres também ficam possessas e alimentam sentimentos de vingança quando traídas.
 De vez em quando a mídia noticia alguns imitadores, como foi o caso daquela mulher  que indignada matou com facadas seu esposo e depois de esquartejar seu corpo, jogou-o   num matagal.

O que um ato movido pela emoção desmesurada pode causar! Oxalá esses comportamentos estranhos e hediondos e que demonstram psicopatias graves não se repitam.

Nenhum comentário: