As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quinta-feira, 14 de março de 2013

Hoje é Dia da Poesia!


POESIA
Ivana Maria França de Negri

Uso minha poesia
   para me fazer ouvir
Não quero nem saber
   de forma ou escola
Poesia é dor
    é alegria
É realidade
    e fantasia
A poesia protesta
    faz festa
se oculta
     se mostra
Só não pode calar
    pois senão,
o Universo silenciará...

TROVA
Olivaldo Júnior
 
Hoje eu quero, ó, Poesia,
que pessoas façam versos,
e que os versos, fantasia,
façam bem aos universos!
 

POESIA 
Eloah Margoni

Para ela, há que se ter espaço!
como quem, na despensa, guarda o pão
o vinagre e o sabão,
as ervas boas e as apodrecidas.

Poesia é isso tudo:
doce, azeda, alegre, leve,
chorosa, mentirosa,
melosa ou corrosiva.

Nem só de grana vive a alma humana,
Ou de avenidas
Mas também de luz e água,
letras e rimas.



LABOR POÉTICO
Ésio Antonio Pezzato

O Poeta trabalha, e seu duro trabalho
É visto com desdém, como um porto inseguro.
E sua inspiração mais lembra um espantalho
Feito de trapos sobre um monte de monturo.

O Poético Labor não serve de agasalho.
Ao corpo mais aquece o espírito, que é puro.
Cada rima tem brilho e o sol é como o malho
Que traz Força, Beleza e Saber sobre o escuro!

O hipócrita condena os versos do Poeta,
Mesmo assim ele, em transe, as suas rimas medra
E tudo o que ele sente em cantos interpreta.

Só o Poeta consegue em inóspita trilha
De ímpia mina tirar as lascas de atra pedra,
Dar-lhe a lapidação e deixá-la com brilho.

DIA DA POESIA
Leda Coletti

Há comemoração para muitos eventos. Nada mais justo que haja também uma para exaltarmos a poesia.
Nós poetas sabemos o bem que ela nos proporciona. Nos momentos poéticos vivemos novos mundos. Mesmo quando o conteúdo da mensagem exprime dor, ela tem seu valor, pois nesse caso tem efeito catártico.
Há ainda certo preconceito por parte de algumas pessoas em relação à poesia. Criticam a sensibilidade do poeta, que externa por meio de palavras escritas com melodia e ritmo, os seus sentimentos pessoais e interpreta os comportamentos dos seres vivos da natureza, inspirando-se nas suas manifestações de vida, como o prazer, sofrimento, alegria, tristeza, etc.. Até os seres inanimados não são esquecidos.
Por esta razão, nós poetas nos confraternizamos no dia 14 de Março - dia da Poesia – e para demonstrar o quanto a amamos, queremos desfrutá-la com um número grande de pessoas da cidade. Portanto se você ganhar uma poesia nesse dia, saiba que cada escritor-poeta está levando para você com muito carinho, uma mensagem de Amor, Amizade e muita Paz! 



SENHORES DA PAZ
Maria de Fátima Rodrigues

Almas de poetas
assim serão
os Seres de Nova Era.
Nobre planeta azul
o que te espera?
Sabes por que ainda tens luz?
são os poetas...
senhores da PAZ
que lhe emprestam a calma,
a alma,
o AMOR.
E nesta hora
eles podem ajudar
compreendem melhor ... a dor.

  

4 comentários:

Anônimo disse...

Lindos textos de amigos sensíveis que sempre estão preocupados em deixar o mundo melhor!

Apoio, adoro e reverencio.

Viva a Poesia e meus amigos Poetas!

Carmen Pilotto

Clarice Villac disse...

Bela comemoração, essa reunião de textos tão inspirados !

Parabéns a todos !

Dirce Ramos de Lima disse...


O que vejo?
Lindas senhoras distribuindo preciosas poesias!
AH! Se a vida fosse assim todos os dias....

Maria de Fátima Rodrigues disse...

Lindos poemas como sempre... beijos a todos os poetas do GOLP!!