As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Santa Maria, rogai por nós


Adenize Maria Costa

Noite de festa! Noite de alegria, de comemorações. Quem nunca foi numa festa em que ela seria “A Festa” e que se transformaria “Na Noite”: “A Noite” em que foi dado ou roubado o primeiro beijo, não importa, “A Noite” em que foi feito o tão esperado pedido de namoro, de casamento, quem sabe! Mas aquela foi: “A Noite” que entrou para a história...
Noite escura! Noite longa... Tantas noites escuras nós passamos e assim que o dia amanheceu só Deus sabe o quanto foi difícil reunir forças para prosseguir. Faz parte da vida? Sim, pode ser. A noite escura é aquela que a gente quer esquecer, que a gente reza para o dia amanhecer logo, assim quem sabe a sensação de ter despertado de um pesadelo ajude a esquecer mais rápido. A noite escura é marcada por tristeza, lágrimas, sofrimento, solidão...
A distância entre uma noite de festa, de alegria em noite escura é tênue basta “tomar um toco”, “um fora” como dizia na minha época, basta um fim de namoro, uma briga , uma discussão corriqueira com um amigo, basta um atraso, as vezes basta até alguém “da turma” desistir de ir na última hora... Essas pequenas e tolas situações podem tirar o brilho da alegria e podem, definitivamente, transformar a noite de alguém, principalmente dos jovens, numa terrível noite escura... Mas nada como um dia após o outro... O tempo é senhor de todos os remédios... Se a noite tornou-se escura por uma ferida “tão pequena”, relaxa! O Senhor Tempo vai curar com certeza!
Mas também tenho certeza que para todos nós, pais e mães, do mundo inteiro, uma noite de festa quando se torna noite escura pode tornar escura toda a nossa existência. É quando um filho, ainda jovem, com a vida inteira pela frente, cheio de planos para o futuro, cheio de saúde e de beleza sai de casa para se divertir e não volta. É quando se tem a sensação de ter sido desperto no meio de um pesadelo: de repente você está num ginásio, olhando um monte corpos e você ali, tentando identificar qual deles é o corpo do seu filho, da sua filha...
Que essa noite escura, que essa tragédia não caia no esquecimento. Que essa noite escura sirva de alerta...
Que todos os pais e mães que estão sofrendo as dores da perda que consigam vislumbrar um novo amanhecer em suas vidas, não é fácil, eu sei! Mas mirem-se no exemplo da Mãe de Jesus: Santa Maria, rogai por nós!

Nenhum comentário: