As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quinta-feira, 31 de março de 2011

O Elefantinho...


Maria de Fátima Rodrigues

Não sei o que é ser mãe. Acredito que nesta atual encarnação, este “papel” não me foi designado. Mas, dentre todos os outros personagens que representei nesse “palco de ilusões” (como dizia, meu “véio” paizão, Seo Vinicius) : filha, irmã, amiga, namorada... A que mais me divertiu, e o fiz com muito carinho... foi o de TIA!
Tenho sete sobrinhos, cinco mulheres e dois homens: Ana Paula, (e agora uma sobrinha-neta, a Joana), Roberta Maria, Marcelo, Maria Cristina, Maria Helena, Davi e Débora.
Sempre gostei de lhes dar a maior atenção possível, e isto quer dizer: presentes, conversar, levá-los ao cinema, ao Shopping, ao Teatro, viajar e brincar... mas brincar mesmo: de casinha, escolinha (eu sempre era a aluna), trocar as roupas da Barbie, cantar, dançar ou contar mais de dez vezes a história da “Sereia Ariel e seu amigo Linguado” ...para a Dedé (Débora), quando tinha cinco aninhos.
Só que existiam 2 brincadeiras que eles não gostavam. É que eu as utilizava, quando estava cansada. Uma delas era radical:
“- Muito bem, agora vamos brincar de múmia!”
“- Ah, não tia Fá! (pois isto queria dizer que tia Fá, estava definitivamente cansada e todo mundo tinha que “descansar” também).
No entanto, havia outra mais leve:
“- Agora vamos brincar de adivinhar um nome de animal que começa com a letra... (isto queria dizer que tia Fá estava mais ou menos cansada).
E dentre todas as vezes que fizemos esta brincadeira, houve um dia em que a Maria Cristina demonstrou tanta criatividade na resposta, que nunca esqueci. ( tinha seis aninhos)
“- Tá, agora vamos brincar de dizer nomes de animais que começa com a letra E.
“- Ema” – disse a Robertinha.
“- Elefante” – disse o Marcelo.
Daí era a vez da Maria Cristina, e ela me olhou assustada, com aqueles olhos grandes, como se dissesse: “- Não vale...!”
E eu, sabendo que nosso repertório de animais que começavam com a letra E já estava esgotado, quis ajudá-la:
“- Tá bom Cris... você passa.
“- Não passo não, tia “ – disse ela.
“- Ah, não? Então diga qual outro animal que começa com a letra E !!
“O filhinho do elefante do Marcelo!?

Nenhum comentário: