As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

sábado, 11 de dezembro de 2010

Cada ser humano carrega em si o Universo


http://www.youtube.com/watch?v=yo-qUjnRrQ4&feature=email

Cada ser humano carrega em si o Universo
Luiza Gosuen

Ao nascermos temos o privilégio de adentrar os portões de um paraíso que nos recebe de braços abertos, oferecendo tudo de exuberante que existe nesse Universo e que, gratuitamente, nos é disponibilizado como um "presente".
Vem-me à mente as palavras do filósofo brasileiro, Arcângelo Buzzi, que diz: “A palavra Natureza vem do verbo latino "Nasci", que significa “brotar", "nascer".
Portanto, de forma conjunta, iremos fazer parte da Natureza que acopla em nós uma cópia de si mesma, e que é tecida magistralmente pelas mãos do Criador.
Sinta o ar entrando em seus pulmões: é como o embrenhar por um bosque fechado, com trilhas estreitas; uma cópia exata da magnitude que é o inalar e exalar desse precioso componente que irá dar vida a todo o Planeta: o oxigênio.
Tente agora vislumbrar uma correnteza, ouça o barulho, atente para o leva e traz dos nutrientes
nesse fluir contínuo.
Agora, ouça o borbulhar do sangue em suas veias, no trajeto perfeito de conduzir a cada parte o
vermelho da vida em forma líquida.
Nossa voz se assemelha aos ventos, é o que nos difere de todo ser e nos iguala ao Supremo que,
em sendo Verbo, se fez carne, habitou entre nós para expressar seu amor.
A voz é um som que tanto pode espalhar a brisa e a mansidão, quanto trazer a tormenta num grito de guerra e de destruição ; da nossa boca, a voz pode sair em forma de carinho ou de um sopro que apaga uma chama, ou rugir em forma de furação e, junto com a Língua - que serve não só para depurar as delícias - mas também para maldizer, destruir e matar.
Outro órgão de importância vital, nosso rim, que filtra tudo que foi absorvido pelo corpo trazendo o equilíbrio para que os outros órgãos possam se manter saudáveis.
Assim é a camada de ozônio que barra todas as radiações nocivas, impedindo que sejamos maltratados por impurezas vindas de todo o Cosmo.
Mas o homem não cuida do que lhe foi oferecido e, constantemente, assistimos atônitos a desmatamentos com corte de árvores centenárias.
E florestas inteiras sendo disseminadas pelo fogo criminoso, que muitas vezes também alcança
nossos mares.
A água , elemento de onde fomos formados, que desde o útero nos acolhe e nos nutre,
Hoje está escassa, imprópria para consumo.
Rios poluídos, geleiras ameaçadas, mares contaminados empresários insanos, pessoas descuidadas, contaminando e devastando o habitat natural dos animais aquáticos.
Huberto Rohden,outro filósofo brasileiro, entende esses efeitos como graus de conhecimento no homem.
A "subconsciência inferior" traduzida nas suas "manifestações egóicas" ou intelectual, quando o homem se julga superior a tudo e a todos, e a "cosmoconsciência da razão“ , quando o homem
compreende, por fim, que ele também é parte desse todo harmônico.
E nossos ossos: são como a dureza dos minerais entranhados no solo, dando forma e existência duradoura à superfície.
Na natureza, as escavações deformam a terra pela ganância corruptível e pela busca desordenada do valor do mineral, assim como fazem para extrair ossos e chifres dos
animais, matando-os sem ao menos se importarem com o martírio de outros seres viventes.
Nossos membros se assemelham ao corpo do Planeta, onde os movimentos integram as partes trazendo mobilidade sinérgica entre todos os povos.
E quando nasce mais um dia tão claro : é como a beleza da visão, com suas cores que irradiam alegria, junto com o calor do sol que brilha pujante e onipotente,envolvendo toda a Terra.
Então, de mansinho chega a noite, que vem, assim como o sono, aos pouquinhos, e vai nos acomodando, tranquilizando-nos com seu véu escuro e cobrindo-nos com a paz e o descanso.
E essa calma encontramos nos versos de Fernando Pessoa "Agora amo a Natureza como um monge calmo ama a Virgem Maria, religiosamente e, a meu modo como dantes(...) trouxeste-me a Natureza para o pé de mim".
Por que o ser humano sente essa necessidade ilógica e incontrolável de destruir a Natureza?
“É preciso habitar a Terra, no sentido, no decoro, na dignidade e na disciplina de suas dádivas".
(Arcângelo Buzzi)
Será que, inconscientemente, achamos que o que Deus criou não foi bom?
“É sabedoria agir de acordo com a Natureza, ouvindo a sua voz".
(Heráclito, filósofo grego pré-socrático).
“O mundo da simplicidade, da natureza, da fonte de água limpa e do canto dos pássaros é um pedaço do céu e a voz de Deus, que muitos não conseguem ouvir”. “ Quando se despreza a natureza, se despreza também seu criador."
“Nosso planeta adoeceu ,mas não vamos deixa-lo morrer : seremos seus guardiões em retribuição à benevolência que nos acolhe.
Está em nossas mãos! O futuro das novas gerações.

Texto – Luiza Gosuen
(Embaixadora do Conselho Mundial de Cidadania Planetária)

Nenhum comentário: