As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

É Primavera e a Seringueira Vive!


(foto Cassio Negri - Texto publicado em 10/09 no Jornal de Piracicaba www.jpjornal.com.br)

É Primavera e a seringueira vive!
Ivana Maria França de Negri

Escrevi há alguns meses, um réquiem para a seringueira que havia sido decretada morta, lamentando seu triste passamento.
Inicia-se o mês de setembro. Ipês derramam suas flores atapetando as ruas e calçadas. A Primavera retorna pontualmente, chegando em sua carruagem florida e deixando um rastro perfumado à sua passagem. E tal qual a fênix mitológica, nossa seringueira se espreguiça da longa hibernação e mostra sinais vitais, tímidas folhinhas verdes brotando nas extremidades.
Passo por ela quase todos os dias. Fiquei extasiada com sua ressurreição! Até a faixa negra, em sinal de luto, que havia sido amarrada ao seu redor como um protesto mudo contra a violência a que foi submetida, se desabraçou da árvore e caiu por terra.
E o que ninguém imaginava aconteceu. É certo que no fundo, todos nós acalentávamos uma certa esperança velada de que pudesse acontecer um milagre
Regada pelas lágrimas dos piracicabanos que prantearam a sua morte aparente, ela venceu os algozes que planejaram sua execução.
Adubada com o amor deste povo que ama a natureza, ela direcionou as parcas energias que ainda restavam em seu cerne para entranhar suas raízes no solo e beber a seiva da vida que a faria renascer.
Os galhinhos tenros multiplicam-se rapidamente. Os passarinhos, felizes com o retorno das folhagens acolhedoras, cantam felizes nos galhos reverdecidos. É o milagre da vida acontecendo novamente, em suas mais variadas formas e manifestações.
Mutilada, perfurada, envenenada, ela não se deu por vencida e saiu vitoriosa. Seus ferimentos estão cicatrizados e as chagas fecham-se lentamente.
O prédio imponente da nova Biblioteca Municipal está praticamente pronto e faltam poucos detalhes para a mudança definitiva do antigo prédio. E quando ocorrerem as festividades de inauguração, a cidade terá dois acontecimentos para comemorar: uma biblioteca novinha em folha com estruturas modernas para abrigar os preciosos livros, e a ressurreição da seringueira que estará esbanjando vitalidade novamente.
Existem vínculos ancestrais e sagrados do povo com a terra. Mesmo com todo o aparato moderno e as construções cada vez mais sofisticadas, a ligação com a terra persiste na essência de cada ser.
Um dia, todos os invólucros que usamos se transformarão em pó e se misturarão com a terra. É quando todas as criaturas se nivelam num mesmo patamar. Oriundos de qualquer reino da natureza, todos os envoltórios, sejam de carne, vegetais ou minerais, se mesclarão tornando-se adubo da terra.
Bem-vinda Primavera!

Um comentário:

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e