As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Prefácio do livro TARDES DE PROSA - Ludovico da Silva


Prefácio

Tenho comigo que Piracicaba é uma cidade privilegiada na área literária. Desde tempos que ficaram longe, é possível registrar a presença de literatos que deixaram seus nomes marcados de maneira notável nos anais da literatura piracicabana.
Citar nomes seria incorrer na irresponsabilidade de esquecimento, uma atitude imperdoável.
No correr dos dias atuais vejo quão apreciável é o número de valores que assinam textos em livros e meios de comunicação, como prova de uma produção literária das mais significativas, não apenas em termos quantitativos, mas, sobretudo, qualitativo, aspecto sempre desejável para quem se aventura na arte de escrever como valorização cultural.
Esses valores estão integrados em entidades e grupos que enriquecem os meios literários piracicabanos e muito amiúde se reúnem para debates e produções, que acabam por se transformar em publicação.
Anualmente, tenho constatado uma média de lançamentos de livros que se aproxima ou até ultrapassa três dezenas, com uma margem de erro – como afirmam pesquisadores de opinião pública – de dois a três percentuais para mais ou para menos.
Agora mesmo, sou honrado para ser prefaciador e manifestar opinião, em poucas palavras, sobre o lançamento de novo livro, reunindo mais de uma dezena de escritores, que, pelo perfil de cada um, não tenho dúvida em afirmar tratar-se de uma obra de conteúdo altamente valorizado.
“Tardes de Prosa” traz em seu conjunto de contos e crônicas que retratam as mais variadas tendências de observações críticas ou enaltecedoras dos assuntos visados, assim como de estilo refinado de cada autor.
É difícil destacar um ou outro texto como centro de maior atenção por parte dos leitores, o que, aliás, para a apresentação, seria um comportamento parcial na apresentação da obra. O certo mesmo é que cada um absorva todo o escrito com interesse e curiosidade.
Uma boa e agradável leitura a todos.

Ludovico da Silva – escritor e coordenador do GOLP (Grupo Oficina Literária de Piracicaba) há 20 anos

Nenhum comentário: