As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Tempo, passatempo, contratempo

Tempo, Passatempo, Contratempo
Aracy Duarte Ferrari

Se eu pudesse escrever tudo que intenciono utilizaria várias folhas. Registro de histórias do tempo passado-presente, projeções, sonhos, entremeados de passatempos.
Referir-se às passagens altruístas bem coloridas e matizadas sendo algumas intrigantes, envolvendo amigos e amores. Todas as pessoas de idades diferentes ao acompanharem o texto, ficarão emotivas porque com elas ocorreram semelhantes envolvimentos. Irão sorrir, levando pequenos sustos e emitirão gestos espontâneos de surpresas… pura emoção!
Idealizo também pintar uma tela com pontos gravados: interrogação, exclamação, vírgula, ponto final, ponto e vírgula em cores vibrantes amenizadas com perguntas e respostas em tonalidades claras, as quais em conjunto formarão uma figura.
Estranho! Figura? De quem?
A minha encontra-se no meu relicário, a sua, abra o seu e cuidado! Ao abri-lo, o coração pulsará descompassadamente, porém os envolvimentos amorosos passados ou atuais darão conta de acalmá-lo, tornando-o feliz e ritmado.
E, tudo no seu tempo exato, como os fenômenos naturais acontecem segundo as regras precisas da física, nós também, para que ocorram as assertivas, devemos ser sensíveis: enviar cumprimentos à alguém e se possível com gotículas de amor junto ao vento; festejar datas comemorativas, aos sons de baladas, valsas, boleros, tangos, sambas, axés… juntos cantar, cantar, cantar. Enviar palavras coerentes, estimuladoras a quem precisa elevando a auto-estima, e se preciso usar palavras diretas, firmes, estilo olho-no-olho.
Também confrontamo-nos com contratempos necessários na rotina diária, sendo importante de cada situação extrair os pontos positivos eliminando os negativos e seguir.
Concomitante a todas estas passagens, não esquecer da importância dos entretenimentos necessários para enriquecer e fortalecer o viver e dar vazão às fantasias.

Um comentário:

Anônimo disse...

Prezada Aracy:


Gostei do título e do jogo das palavras, a sobreposição das mesmas dá vontade de ler o texto que é reflexivo e se aplica a todos. Parabéns


Carmen Pilotto