As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Prisão de Inocentes - Elda Nympha Cobra Silveira

PRISÃO DE INOCENTES
Elda Nympha Cobra Silveira

É tão bom ficar ao ar livre vendo os passarinhos nos galhos, ou bebericando da água espumante e encachoeirada do riacho, ou fazendo ecoar na imensidão dos bosques o seu belo canto. Observo as garças, lindamente brancas, com suas pernas esguias, apanhando os peixes que passavam. As garças, harmoniosas bailarinas do ar, voavam planando, para depois aterrissarem com graciosa perfeição.
Os pássaros, cada qual com seu canto, soltavam sons ritmados e melodiosos: o bem-te-vi brincava comigo de esconder, mas parecia me vigiar e sempre sabia onde eu estava. Aquele ruído estridente e cadenciado, que mais parecia uma martelada numa bigorna, era o canto especial da araponga, ecoando até não sei onde. E o tiziu chamava quando eu me afastava.
Como é bela a interação dos pássaros com a natureza! Seu cantar é melodioso, seu viver é simples e sua presença é tão natural, que não se pode imaginar que eles não estejam sempre ali. Então, por que empalhá-los, por que calar o seu canto? Para que sua carcaça sirva como um grotesco enfeite? Então, por que prender passarinhos em gaiolas? Para que a privação de liberdade seja um prazer e uma forma de admirá-los? Tenhamos um pouco de compaixão! Prender um passarinho faz com que eles se sintam como presidiários numa cela, olhando através das grades! E quando as gaiolas são levadas para tomar sol, sentirão o mesmo que um preso, tomando banho de sol, no pátio do presídio!

Nenhum comentário: