As reuniões do Grupo Oficina Literária de Piracicaba são realizadas sempre na primeira quarta-feira do mês, na Biblioteca Municipal das 19h30 às 21h30

SEGUIDORES

MEMBROS DO GOLP

MEMBROS DO GOLP
FOTO DE ALGUNS MEMBROS DO GOLP

terça-feira, 3 de novembro de 2009

O olhar
Leda Coletti

Tem o olhar da mãe andarilha, a qual, estendendo as mãos suplica uma esmola. É sem luz, tal qual um toco de vela apagado.
Tem o olhar do menino de rua, luzindo intensamente ao ver aquela bicicleta no stand da agência de carros, motos e bicicletas.
Tem o olhar de medo, da mulher espancada pelo marido, que lembra ventanias a açoitar telhados na noite escura.
Tem o olhar do velhinho carente, implorando em silêncio, palavras ou pequenos carinhos, que o reconfortem na solidão.
Tem o olhar avermelhado e turvo, com pupilas dilatadas do adolescente, que assalta transeuntes nas ruas e lojas, por causa dos malditos papelotes de drogas.
Tem o olhar da menina, precoce-mãezinha que reflete imaturidade, medo do futuro incerto.
Felizmente, entre esse olhares tristes e desalentadores, há o daquela senhora abnegada, a espargir mansidão e ternura aos que encontra pelo caminho, pessoas, plantas, animais.. Assemelha-se ao olhar do jovem nazareno que viveu há mais de dois mil anos, com seu amor para com todos os homens, a paz a transbordar do seu jovem coração.
E o que dizer do olhar dos jovens eternamente enamorados? Existirá olhar mais lindo?Lembra o sol que surge após vários dias chuvosos. São olhares límpidos e podem até se espelhar neles. Mesmo na ausência de palavras, eles bastam, para fazer os corações vibrarem em uníssono. Essa linguagem muda é mais eloquente, pois faz o universo inteiro fluir
na mais perfeita sintonia.

Nenhum comentário: